Apenas algumas atualizações sobre a minha vida

Hoje eu resolvi sentar e escrever o que sentisse vontade, ou melhor o que viesse na minha cabeça, porque sinceramente, tantas coisas acontecendo na minha vida nos últimos meses que estou tipo, ” UAU, sério isso? ”, estamos na metade do ano e só tenho agradecer por tudo que aconteceu nesses últimos sete meses que se passaram.

O ano de 2017 vem sendo um ano desafiador na minha vida e um dos motivos é que esse ano eu me formo na faculdade, sinto bons ventos em todas as façanhas acadêmicas, inclusive no momento que escrevo isso estou no meio de um TCC que por incrível que pareça está meio caminho andado. Juntamente com meu grupo estamos trabalhando no tema: Invisibilidade Social nas Profissões. Temos que elaborar um livro reportagem com entrevistados e aprofundar no tema, além de criar um mini documentário. No começo confesso que foi bem difícil entrar em um consenso sobre qual tema trabalhar, afinal alinhar ideias em um grupo de 12 pessoas não é tarefa fácil, o importante é que no final acabou dando tudo certo.

Agora uma pausa para observar a serenidade no olhar de quem tem vários boletos pra pagar e nem está preocupado com isso.

Uma foto assim tirada durante o inverno, pô, dei sorte! 😂 #rj #RiodeJaneiro #CidadeMaravilhosa

A post shared by Rodrigo Lima / E Aí Tupa (@rodrigoliman) on

Em abril parecia tudo está perdido, perto da época de entregar a primeira parte do projeto, mais especificamente no dia 15 de junho apenas metade do grupo tinha fechado entrevistados, pois o nosso objetivo era trabalhar com várias profissões, dentre elas domésticas, caixas, seguranças, porteiros, garis, faxineiros, etc.

Nos últimos minutos o inacreditável se tornou realidade, conseguimos cada um dos integrantes se aprofundar em cada profissão, então dia 15 de junho entregamos com sucesso a nossa primeira parte do Trabalho de conclusão de curso.

2017 é um ano que por algum motivo realizei várias viagens, e o mais legal, acompanhado dos meus amigos, conhecendo lugares novos, frequentando lugares que nunca visitei e saindo junto de pessoas incríveis. O mais engraçado é que em todas as ocasiões estou sem dinheiro, assim como nesse momento, mas por algum motivo tudo se encaixa e acaba dando certo, acredita que no fim do mês ainda está sobrando até um trocado pra gastar com a menina, ou melhor, a moça (assim ela prefere ser chamada) estamos saindo há pelo menos cinco meses.

Aí vocês param e me perguntam, “Poxa cinco meses não está na hora na hora de um pedido de Namoro? ” Olha, sinceramente eu não sou fã dessa coisa de estabelecer algo chamado namoro, estou apenas deixando as coisas acontecerem e ver o que dá. Confesso que as vezes me pego pensando nisso, mas tenho em mente que se for pra acontecer de verdade vai acontecer, aos poucos, posso estar errado pensando assim, mas prefiro no atual momento acreditar dessa maneira. Apesar de gostar muito dela, pois não me sentia tão bem assim com alguém há muito tempo.

Vamos fingir costume, porque na verdade vou postar uma surra de fotos! 😂 #rj #RiodeJaneiro #CristoRedentor

A post shared by Rodrigo Lima / E Aí Tupa (@rodrigoliman) on

O canal no youtube está indo bem, aos poucos estou conseguindo conquistar um pequeno público, mas com dedicação e caminhando devagar sei que tudo valerá a pena. O Blog eu fico aqui me cobrando, pois sei que dei uma leve abandonada nele, afinal nunca fui muito frequente, mas as vezes sinto muita vontade de escrever, na maioria das vezes tenho muita coisa para fazer ou algum tipo de bloqueio mental, que me impossibilita dissertar sobre um determinado conteúdo. Não posso prometer nada a respeito do que acontecerá daqui pra frente, mas manterei aqui atualizado sempre que for possível, afinal tenho uma rotina bem corrida e dar conta de tudo ao mesmo tempo é uma força tarefa. Afinal, Faculdade, TCC, trabalho, academia, cursos, youtube, vida social/amorosa, conciliar tudo isso é um trabalho que só de olhar parece algo impossível, mas no fim está dando certo.

Por falar em trabalho, estou amando, faço o que gosto, trabalho agora com pessoas maravilhosas que tem me ensinado muito, afinal nos últimos meses as coisas melhoraram, realizo trabalhos que eu amo, criando textos, criação de artes etc. Também pretendo iniciar uns projetos pessoais para o próximo ano, mas por enquanto prefiro manter isso em segredo, mas assim que tudo estiver acertado estarei gritando para os quatro ventos.

Nesse exato momento estou de Férias do Trabalho/Faculdade no Rio de Janeiro. A experiência está sendo bem maneira, conheci lugares novos, pessoas novas e divertidas, em apenas uma semana visitei o Cristo Redentor, conheci praias maravilhosas, viajei para arraial do cabo, conheci parques e tirei fotos maravilhosas como está você está vendo abaixo. Aproveita pra me seguir no Instagram.

Enfim, 2017 está sendo um ano muito bom comigo, sei que não posso contar vitória antes da hora, pois estamos no meio dele, mas tenho pressentimento de bons ventos para os próximos meses, espero estar certo.

Aliás quase ia me esquecendo de avisar que gravei um vlog da minha viagem ao Rio de Janeiro, confira abaixo.

Uma relação que vem da Infância

Por toda minha vida, sempre cresci envolvido e rodeado pelo mundo dos vídeos games. Até mesmo quem não joga, já se divertiu pelo menos alguns bons minutos em frente da televisão com um controle na mão.

super_nintendo_snes_pad_vector_by_oclero-d4sx6j5.png

Me lembro do meu primeiro contato com eles aos quatro anos de idade ou antes disso, no Natal de 2000. Minha mãe me trouxe uma caixa estranha e grande com o que para mim parecia mais um brinquedo comum, e ao desembrulhar me deparei com o meu primeiro vídeo game um Super Nintendo SNES e adivinha, meu primeiro jogo? Um ícone dos Games, Super Mario World.

video-game-super-nintendo-thumb-600x480-30564                        mario-jump-gif-super-mario-bros-37766025-500-470

Eu confesso que não sabia nem como jogava e por esse motivo me divertia assistindo meu pai jogar. Achava o máximo aquele boneco acompanhando os comandos, achava o meu pai o melhor jogador do mundo, que convenhamos, depois que cresci, realmente percebi que ele não é, não consegue ganhar uma corrida no Need For Speed, enfim…

PXnaCF.gif     4ZR_yb.gif

Eu podia não saber jogar mas fiquei vidrado, a minha primeira paixão não foi a garotinha da escolinha e sim o meu primeiro vídeo game

– O estilo perfeito de Nerd eu né? Vamos continuar…

Com o passar do tempo, fui crescendo, e o mundo foi se modernizando cada vez mais, lembro a perfeita ordem da minha evolução com os vídeo games. Depois do Super Nintendo SNES, com 7 anos o Nintendo 64, depois aos 10 ganhei o Dreamcast era um concorrente do até então Playstation 1 e para mim a história mais marcante com os vídeo games foi quando ganhei meu Playstation 2, no Natal, era um das coisas que eu mais queria ganhar naquele ano e foi difícil viu, eu contei um pouco da história desse vídeo game nesse vídeo (CLIQUE AQUI)

tumblr_mgbw3nXm4j1qfy2kdo1_r2_500.gif

Me lembro de passar horas no Mercado Livre e em outros sites mostrando para o meu pai coisas sobre o Playstation 2, e o quão legal aquele vídeo game era. Na época era considerado o nosso Playstation 4 de hoje todos tinham e quem não tinha queria ter.

Até que um dia acordei na manhã natalina e me deparei com ele aos pés da minha cama, embrulhado em um pacote vermelho. Nem hesitei em demorar e já fui abrindo com a maior fúria, porém algo chato aconteceu, calma! O console funcionou sim mas meu pai, adivinha? Esqueceu de comprar um jogo.

H1Dyrh.gif

Aquele provavelmente foi o dia mais longos da minha vida. Nada que não fosse resolvido no dia seguinte, lembro exatamente dos meus quatro primeiros jogos, GTA San Andreas, KillZone, Sonic Adventure e Gran Turismo 5.

Após um tempo, adivinha? O aparelho queimou e fiquei longos seis meses sem jogar nada, tirando os Flash’s que eu jogava no computador, mas nada se comparava ao vídeo game em si.

33bn0vb.gif

Através de uma promessa que firmei com meu pai, um tempo depois ganhei o Xbox360 (Meu filho até hoje) com o acordo de não ficar de recuperação no fim do ano, e como, modéstia parte, sempre fui um aluno dedicado, bagunceiro, mas dedicado, tirei de letra esse pedido. E ganhei o meu maravilhoso X360 White Fat que completa comigo mais de sete anos, em perfeito estado, como se acabasse de sair da loja.

super+mario.gif

Não confie em todos

Se tem uma coisa que nesse pouco tempo de vida eu aprendi é, não conte nada pra ninguém, não confie em todas as pessoas ao seu redor, seus planos, projetos e ações futuras, guarde somente com você, não divida com ninguém se possível, divida com pessoas que estejam envolvidas ou com seus pais, apenas, mais ninguém.

350130ce2fa67568f5afb21bc2ae6bec

As pessoas, por mais que as intenções sejam boas, elas atraem coisas negativas para os seus planos mesmo sem querer. Sempre surge um, poxa que legal eu também queria fazer isso mesmo sem a pessoa sem querer afeta de alguma forma o que você esta planejando.

Eu costumava a contar tudo o que ia fazer para todos, e essas coisas, nunca, nunca davam certo ou não se concretizavam, parecia uma coisa, tudo podia estar indo bem, era eu abrir minha boca, o rumo mudava.

tumblr_ljekymHCcK1qehrhxo1_500.gif

Fui cego durante anos, até um dia que uma amiga minha me deu um conselho! “Rodrigo, não conte seus planos para ninguém, apenas faça, conte após do objetivo ser alcançado, as pessoas por mais que você confie nelas, elas atraem coisas ruins. “

E isso foi meio que uma bronca, porque eu estava indo contar algo que eu estava planejando, e realmente ela nessa hora me mostrou o que realmente era ser amigo. Abrir seus olhos quando você não enxerga.

tumblr_ltwpgeadsl1r4ucvqo1_500

Foi ai que comecei a perceber que realmente, tudo o que ela falou tinha razão. Não acredito em superstições ou universos mágicos, mas por um momento tudo começou a fazer sentido.

Relacionei com coisas do meu cotidiano, comecei a perceber que os meus objetivos atingidos e concluídos com sucesso foi porque eu permaneci quieto e calado sobre determinado fato.

tumblr_letx9rdZH11qcg7kh.gifAssim como os meus olhos foram abertos, eu quero fazer você enxergar e entender também, que as vezes, ou melhor, sempre fazer as coisas com menos pessoas sabendo é a melhor escolha a se fazer.

O que é estar feliz?

IMG_9931.jpg

Eu não sei o que está acontecendo comigo, do nada começou a voltar aquele sentimento de insatisfação, sinto que preciso fazer algo novo, sinto que talvez eu precise me aventurar em novos ares. Você já se pegou pensando se o que está fazendo te faz feliz? pois é, de uns dias pra cá, isso ficou tão frequente e impulsivo em mim.

Será que isso é um comportamento equivocado meu. É nisso que eu penso, o medo de tomar alguma decisão e ela não ser a correta, talvez piorar o que pra mim já está monótomo. Mas vamos continuar seguindo esse leito, vou continuar empenhado, trazendo resultado e fazendo o certo, aliás o que seria ter resultados? resultados pra mim? será que isso agrega algo em mim? acho que não, ou talvez sim!

Poxa que vontade de gritar, que vontade de viver fazendo o que eu amo, porém recursos me faltam, então eu me pergunto, o que pode me realizar nesse momento? A resposta eu talvez não saiba, mas né… Vamos fazendo, vai que Deus ajuda nóis!

-Calma, eu to bem! hahaha

Uma questão de superioridade?

Atenção, atenção, atenção… Será que é só por isso que vivemos? Para sermos notados? vistos, reconhecidos,  para fazer algo favorável apenas à nós mesmos? Mesmo que por isso temos que sujeitar á outros levarem a culpa de algo que não fez, ou provocar a discórdia para ganhar notoriedade?

tumblr_ls4qtr6Wsx1r1hg2mo1_250

Ah Rodrigo, por que você diz isso? Na verdade é meio complicado explicar, complicado porque não quero tornar tão explicita a situação. Como vocês bem sabem, sempre deixei bem claro aqui, que algumas coisas que eu posto, fazem parte do meu cotidiano.

Nessa semana vivenciei um fato um tanto incomum, digno de briga dá 5º série sabe? Aquelas brigas que você xinga a mãe e tem sempre aquele seu amigo (ou que pelo menos diz ser seu amigo) colocando lenha na fogueira. Já digo logo, se por um acaso você conhece, ou tem um amigo assim, fuja dele, ele(a) não presta. É um ser desprezível que merece ser ignorado por sua pessoa.

c57e46b4b26fe48c14629fd787dcecdb1ee221de

Pessoas de nível superior, brigando por questões fúteis, como por exemplo, quem é um representante de sala, ou quem não é. Como se algo nisso tornasse a pessoa mais importante do que a outra. E se utilizando de termos, como: -Ah! tal pessoa gosta mais de mim… Só queria saber quem gosta de mim de verdade ou não… Eu sou representante, mas estou foda-se pra esse povo daqui… Pode ficar com todas essas cadeiras daqui…

img-1025661-galeria-vma-em-gifs-4

Gente, pera aí? Alguém que escolheu representar outras pessoas, deve ter uma atitude igual a essa? Ou você escolheria um presidente que está pouco se lixando para os seus interesses? Sinto que as vezes, em algumas pessoas, faltam um pouco de maturidade e bom senso na idade que tem. Pois, não adianta você ter 21 anos e atitudes de uma criança de 11 anos. Qual a credibilidade que você passaria nas pessoas? Exatamente, nenhuma.

E se você é assim, aprenda com os seus erros e mude. Pessoas se afastam de outras pessoas que são arrogantes, egocêntricas e que não pensam no próximo. E quanto mais pessoas você afasta através de atitudes como essas, mais sozinho você fica, até não sobrar ninguém. Entendo que talvez seja por questões de personalidade, mas infelizmente, não dá pra se viver assim, é preciso mudar…

Não alimente o seu ego, ele as vezes é o seu pior inimigo.    -Rodrigo Lima

tumblr_leo5x2oP931qf842v