Aceite, não é fácil!

interrogation-policeNesses dois anos pra cá, muita coisa mudou na minha vida, sei lá, tudo agora aparenta ser tão difícil.

Uma coisa que toda pessoa que vive nesse mundo real deve aceitar na sua vida, é que nada vem fácil e se bobear tudo que você conquistou vai fácil. Um exemplo do que esta acontecendo na minha vida agora é que comecei a trabalhar, isso aconteceu apenas há dois meses, porém o que eu vejo, não é uma coisa que eu faço e que me sinta feliz, ou seja prazeroso, vejo que não tenho tanta oportunidade de crescimento e nenhum pouco de rotina diferente, sempre a mesma, sei que isso é apenas um passo inicial na minha carreira profissional, porém tenho medo disso se torna algo tão comum em qualquer outro lugar no qual eu trabalhe.

Continue reading “Aceite, não é fácil!”

A vida que se segue…

Estava aqui pensando comigo mesmo, como é que a palavra amizade hoje em dia perdeu-se tanto o sentido, as vezes o que você achava ser verdadeiro, de um tempo para outro quando você olha para trás percebe que acabou.Você vê que toda aquela promessa de para sempre só foram apenas palavras ditas da boca para fora.

Voltando a três anos atrás quando ainda cursava o ensino médio, vejo o quão de pessoas que estavam do meu lado sempre que eu precisava e que estavam lá para me apoiar no que fosse preciso. Com o passar do tempo os dias foram passando como se fossem segundos. O motivo deles terem caído no esquecimento pode até ser culpa minha, como também pode ser deles, é uma pergunte meio difícil de responder. Olhando as fotos, eu vejo tantos momentos bons que nós passamos, seja se divertindo, estudando ou como sempre na bagunça, momento esses que agora infelizmente devo guardar na minha memória, como um pouco do que restou daquilo que parecia ser de melhores amigos.

Como a vida segue seu rumo, cada um segue o seu caminho, seja ele qual for, mas eu espero que em tudo que eles, todas as pessoas que foram importantes na minha vida um dia, seja antes, agora ou depois, sejam sempre felizes e realizem os seus sonhos, pois aonde eu for, um pedaço de momentos bons deles, eu tenho guardado na minha vida.

E mais um ano se passou e enfim 2015 chegou.

ano-novo-esta-chegando_027

E hoje já se passa mais ou menos um ano desde a criação do meu blog, que por sinal não se permaneceu tão ativo como eu pretendia que fosse, mais quem sabe ano que vem eu tenha mais tempo de dedicação para ele.

Enfim mais um ano se passou e planos feitos ficaram para trás, uns realizados e outros não, como é de costume acontecer. Nesse caso o que eu tenho para falar de 2014 que para mim foi um ano comum como qualquer outro, tirando o fato que mudei muito minha rotina, entrei para a faculdade com muita dúvida, como ainda tenho muitas, mas estou seguindo o caminho para o segundo ano e graças a Deus ele ouviu minha Preces, passar sem nenhuma DP.

2014 foi o ano dos meus tão sonhados 18 anos, o que para mim não acarretou em nada na minha, veio como uma idade comum dentre as outras, o que muda é que minhas responsabilidades aumentam e eu não preciso depender de mais nada dos meus pais e a parte positiva de tudo isso é que eu posso dirigir.

Também não arrumei um emprego por conta da demora da dispensa militar o que para mim acabou sendo um ano perdido em casa e sem fazer nada, a não ser se dedicar para a faculdade e trabalhos. Por esse fato me sentia a todo momento como um fardo para os meus pais, pensem, um garoto com 18 anos que não trabalha e não faz nada em casa, o que me livrava um pouco dessa culpa era a faculdade que mesmo sendo gratuita ainda dependia do dinheiro dos meus pais para passagem o que não saia nada barato. Agora só depois de um ano consigo pegar a minha reservista e assim conseguir um emprego.

Bom, nesse ano de 2015 pretendo me tornar mais independente, mais maturo e conseguir um bom emprego, de preferencia um estágio na área em que curso o ensino superior, o que por sinal é um mercado bastante fechado e para poucos e conseguir o dinheiro pra minha tão sonhada viagem para outro país, qual não sei, mais são tantos. Pretendo aumentar esse blog com conteúdos e divulga-lo mais, porque durante esse momento ninguém sabe da existência dele, é como se fosse um diário pessoal.

Planos, não tenho muitos para esse novo ano que irá se iniciar, pretendo deixar a vida me levar e seguir o seu rumo com coisas positivas e importante para minha vida.

#Vem2015 / 31.12.2014

A Conquista de um sonho, entrar na universidade.

Baby mounts the stairs by crawling

Desde os meus 13 anos de idade já tinha em mente o que eu queria ser quando crescesse. Essa paixão surgiu enquanto eu assistia TV, me apaixonei pela carreira de Jornalista, foi naquele momento que decidi o que eu queria ser, independente do que acontecesse. Sempre estudei em escola pública mais isso não interferiu nos meus planos.

Quando cheguei no 3º ano do ensino médio, tinha já a certeza de qual carreira queria seguir, o problema era que eu não sabia como alcançar esse objetivo, já que meus pais não tinham condições financeiras o suficiente para pagar minha graduação.

Sempre fui atrás de tudo que eu queria, me esforçava muito para conseguir, meus pais nunca tiveram que me dizer: “você tem que fazer um curso técnico, você tem que fazer uma graduação ou você tem que fazer um profissionalizante”. Desde o meu curso técnico até a minha graduação conquistei por mérito próprio.

Muitos dos meus amigos faziam cursinho para conseguirem passar em algum vestibular e ganhar bolsa nas melhores faculdades do Brasil, mas já que eu não tinha essa regalia, tive que me virar sozinho. Quando terminei meu curso técnico tive apenas seis meses para me esforçar o bastante e estudar para quem sabe passar no vestibular. Foram para mim seis longos meses de tortura, dedicação e fins de semanas em casa, mas que me trouxe recompensa no fim.

Muitos não acreditaram que eu ia conseguir, pelo simples fato de eu estudar sozinho em casa oito horas ao dia quando chegava da escola. No fim acabei passando pelo ENEM na UERGS (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul) em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e na UFMA (Universidade Federal do Maranhão) no mesmo curso. Depois de tudo isso havia outro problema, eu não tinha condição financeira de ir para outro estado, foi ai que tive que dizer adeus para um sonho e aguardar a espera do PROUNI, onde consegui ganhar uma bolsa na USJT (Universidade São Judas Tadeu) no curso que eu queria, Jornalismo. E aqui estou eu, cursando o meu ensino superior, sem depender de ninguém e por mérito próprio.

Bom, essa foi a minha maior realização atualmente, pois foi o sonho que mais me dediquei e batalhei para conquistar. E quando você se dedica de verdade para conquistar um sonho, você tem em mente o quão trabalhoso foi para alcançar ele. Ainda tenho planos para o futuro, aliás quem não tem? se eu puder te dar um conselho é: Um passo só pode ser dado de cada vez, não desista dos seus objetivos, lute até conquista-los, por mais impossível que ele pareça.

4 meses, muitas mudanças!

tumblr_mhma3czDzG1r124uio1_500

Olá, cá estou eu de volta. Pois é, fazia um tempo que não aparecia por aqui, ou aliás quase nem lembrava, em meio a tantas novas responsabilidades que me surgiram nesse pouco período de tempo, sem falar a faculdade que torna as coisas mais caótica ainda, isso ainda porquê eu não trabalho, imagine daqui alguns meses.

Bom, vou resumir um pouco desses últimos meses por qual me mantive fora. Consegui entrar na faculdade, “AMÉEEEEM”, ainda com bolsa, o que acabou facilitando um pouco as coisas né, porque minhas condições não é das melhores ultimamente. Lá estou conhecendo o lado certo e do errado, além de entrar em uma dimensão totalmente diferente, totalmente contrária do que estava acostumado no ensino médio, pessoas mais maduras, responsáveis e mais atenciosa, Claro! lidar com o ser humano não é tarefa nenhum pouco fácil, em meio a tudo isso, consegui fazer amigos e inimigos, infelizmente não por minha parte, mas sim por parte dos outros, por mais que eu tente ser atencioso e amigo de todos, isso não dá certo, é a vida né?

Além de tudo acho que meus esforços não adiantaram de nada, pois acabei ficando com sete notas vermelhas, SETE! de dez matérias, sim, isso é muito desanimador, mas só os fracos desistem, como alguns fizeram e acabaram desistindo do curso. Não julgo eles por isso, vai saber saber se realmente essa foi a causa. Ou seja, segundo semestre ralar pra recuperar, pois não vai ser tarefa fácil, mas não impossível, espero! mas em compensação fui o único da sala a tirar 10 de média em uma matéria, o que deu um Up! para que eu continuasse e seguisse em frente sempre empenhado acreditando no positivo.

Ah! e a notícia que me deixou mais animado e feliz nessa ultima semana foi a de que eu fui dispensado dos serviços militares, sim, estava torcendo pra não entrar, coisa que não era positiva na cabeça do meu pai, pois ele queria de pé junto que eu servisse. Para ele isso iria fazer com que eu amadurecesse para aprender a lidar com as questões sociais do cotidiano. Mas aquele carimbo escrito bem grande, DISPENSADO, completou o meu dia, ou quem sabe meu ano.

E assim a vida segue no seu fluxo imperfeito, trazendo novas novidades e surpresas no meu dia a dia.

 

Ah! sinto que estou apaixonado, não sei ao certo, mas acho que é amor por aquela garota!