Madame Tussauds e o Museu de Cera – Você sabe quem foi?

Alguém pelo menos alguma vez na vida já ouviu falar das famosas estatuas de cera da Madame Tussauds, representada pelas mais diversas personalidade, Michael Jackson, Barack Obama, Lady Gaga, Justin Bieber, entre outros milhares que eu poderia falar aqui o dia todo. Não conhece? Dá um Google ai que com certeza você vai se impressionar.

Porém, quem foi Madame Tussauds? você já parou pra se perguntar? Exatamente sobre isso que eu vim falar no post de hoje. Quem foi a mulher que deu o nome de um dos mais famosos e conhecidos museus de cera do mundo?

Marie Grosholtz nasceu em 1761 na cidade de Estrasburgo, e morava junto com sua mãe de mesmo nome na casa de um famoso médico da época, chamado Dr. Phillipe Curtius que inclusive trabalhava com modelação em cera. Foi ele o responsável por ensinar essa arte para Marrie da qual carinhosamente o chamava de “tio”.

Marie viveu durante o período da Revolução Francesa, e nessa época, também recolhia as cabeças guilhotinadas de julgados para usa-las como molde para fazer as suas primeiras mascaras. Marie ficou reconhecida por suas técnicas artísticas quando se mudou para Londres, no ano de 1835, onde realizou a sua primeira exposição de museu de cera, que hoje não existem mais.

A estátua de cera da artista “Marie Grosholtz” no museu de Londres.

Não demorou muito para que o primeiro museu da Madame Tussauds fosse fundado em Londres, inclusive em todos 14 museus ainda se utilizam a técnica que Marie, o que tornam as estátuas idênticas ao prestigiado, sendo inclusive considerado um dos museus mais visitados do mundo.

Marie morreu em sua casa na Baker Street em Londres aos 89 anos em 1850, e naquela época já era uma das mulheres mais reconhecidas do século XIX, sobrevivendo ao seu passado de recolhedora de cabeças guilhotinas e de filha adotiva.

Museu Madame Tussauds de Londres, o primeiro de todos, inaugurado em 1835

Atualmente, existem 22 museus da Madame Tussauds espalhados pelo mundo alguns com mais de 200 anos de história, sendo 6 na América do Norte, 7 na Europa, 8 na Ásia e 1 na Oceania, sendo que o de Londres (o maior) recebe cerca de 3,5 milhões de visitantes anualmente, infelizmente o Brasil está fora dessa contagem, mas quem sabe um dia, não é mesmo?

Você acha esse número pequeno? Porém, mais de 500 milhões de pessoas, isso mesmo, meio bilhão de pessoas já viram alguma vez as estátuas da Madame Tussauds desde a sua inauguração.

Hall central da Madame Tussauds de Nova York em Manhattan

Cabelos, cilios, pêlos, barba, tudo isso é de verdade, e em cada museu, existem profissionais que são dedicados apenas para manter a boa imagem dos personagens e cada estátua demora cerca de quatro meses para ficarem prontas, e tem um valor médio de 150 mil libras, cerca de 600 mil reais e envolve o trabalho de 20 artistas.

Uma curiosidade assombrosa é o relato de um funcionário que 1996, percebeu que o cabelo da estátua de Adolf Hitler estava crescendo e inclusive precisou de um corte, sinistro não?

O maior boneco até hoje criado é o Hulk com 4,5 metros de altura e 2,4 metros de largura. Já o menor boneco criado até hoje (2018) é o da fada Sininho, do Peter Pan, com menos de 16 centímetros de altura. Veja abaixo e entenda como é feita as esculturas de cera.

O mais antigo e o maior museu, que está localizado em Londres já escapou de pelo menos três catástrofes no século 20: um incêndio em 1925, um terremoto em 1931 e a um bombardeio nazista durante a Segunda Guerra Mundial em 1940, onde se perderam mais de 300 estátuas, foi a maior baixa até hoje do museu.

Atualmente o artista recordista em estátuas nos museus espalhados pelo mundo é a cantora norte americana Lady Gaga, que somam mais de 23 estátuas ao redor do mundo, seguido por Michael Jackson com 18, Rainha Elizabeth II com 11, Shakira com 10 e Beyoncé com 09.

   

Incrível né non? História tipo essas são coisas que me encantam muito. Pretendo quem sabe um dia visitar esse lugar, e trazer essa experiência em algum vlog ou até mesmo em um post para o blog, compartilhar com você, caro leitor. Espero que tenham gostado, não esqueça de assinar a nossa Newsletter para receber as novidades do blog.

Até mais! 🙂

Um dia na Faculdade de Jornalismo

Olá caro leitor, como vai?

Esses dias estive pensando que eu deveria gravar mais daily vlogs, pois sinceramente, é o tipo de vídeo que mais gosto. Foi ai que lembrei de um fato.

Seguindo um conselho de um inscrito meu que me deu a seguinte ideia há algum tempo atrás: “Grava um vídeo mostrando a sua rotina na faculdade“, pensei comigo mesmo. “Poxa! que ideia maneira, vou aderir“.

Então no vídeo que trago hoje, mostrarei exatamente isso. Não escolhi qualquer dia para mostrar e sim um dia bem maneiro que foi a gravação do nosso programa televisivo, assim teria mais coisas legais, além disso mostrei um pouco dos meus amigos de curso.

Com certeza esse vai ser um vídeo que eu vou guardar pra vida, pois esse ano eu me formo e tudo isso um dia vai ficar apenas na memória, ou melhor… agora em vídeo.

Espero que gostem, pois o vídeo foi feito com muito amor e carinho. Ah! me desculpe, no começo ficou meio embaçado, mas por volta de um minuto tudo fica mais legal.

E ai, gostou? Se sim, deixa o seu joinha, se inscreve no canal, compartilha, porque além de me ajudar muito e motivar o meu trabalho, você passa ser uma pessoa especial pra mim!

Até mais! 🙂

Como Viajar de graça pelo Brasil – IDJovem

Essa semana eu estava tão empolgado procurando tempo para escrever esse post e finalmente encontrei agora, pois tenho certeza que esse assunto é interessante para muita gente, afinal quem não gosta de viajar, e já imaginou fazer isso de graça pelo Brasil?

Pois é, você sabia que atualmente existe um programa do governo que permite isso para jovens de 18 a 29 anos de baixa renda com até dois salários mínimos ou que participa de algum programa do governo, conheça agora o IDJovem.

O nome do programa se chama IdJovem e foi criado em 2016 pelo governo federal em parceria com a Caixa Econômica Federal com o objetivo de incentivar jovens ao acesso em programas culturais.

Ele funciona como uma espécie de carteirinha de estudante mais com uma diferença, você não precisa estar na faculdade/escola para utilizar, alguns dos benefício são:

  • Viajar de Graça ou com 50% de desconto em transportes interestaduais (serve apenas para ônibus);
  •  Cinema, Shows, Teatro com 50% de desconto.

O vídeo abaixo irá te explicar melhor como tudo funciona, veja:

Para utilizar o beneficio a pessoa precisa estar cadastrada no CRAS (Cadastro Único do Governo Federal) e com isso será gerado o NIS (Número de Identificação Social), normalmente participantes do bolsa família já possuí esse cadastro. Mas fique atento, após o cadastro ser feito, demora cerca de 30 dias para ser inserido no sistema e se você já tem, verifique se ele está ativo, pois é preciso fazer uma atualização a cada 24 meses.

Depois de ter se cadastrado vá até o site do IdJovem procure o campo “Emitir ID Jovem”, preencha o cadastro e automaticamente será gerado uma carteirinha online com um número de série e um QR code, simples assim, tudo na hora!

O cartão é virtual e deverá ser apresentado nos estabelecimentos na tela do seu Smartphone ou impresso pela página da internet.

Após preencher o campo acima, será gerado na mesma hora a sua carteirinha do IDJovem

Eu inclusive já utilizei desse benefício na minha última viagem para o Rio de Janeiro e paguei apenas R$ 11,00 na passagem, valor equivalente aos impostos e pedágios.

No momento em que você vai comprar a passagem basta apresentar a carteirinha gerada para o atendente e informar que você precisa comprar uma passagem IDJovem, simples assim. Pronto, após ter suas passagens em mãos, basta conhecer o nosso Brasil.

Quer um resuminho de tudo mais detalhadamente, veja o vídeo abaixo:

O IDJovem tem validade de 180 dias, podendo ser renovado ao vencer, faça agora o seu cadastro CLICANDO AQUI.

 

Apenas algumas atualizações sobre a minha vida

Hoje eu resolvi sentar e escrever o que sentisse vontade, ou melhor o que viesse na minha cabeça, porque sinceramente, tantas coisas acontecendo na minha vida nos últimos meses que estou tipo, ” UAU, sério isso? ”, estamos na metade do ano e só tenho agradecer por tudo que aconteceu nesses últimos sete meses que se passaram.

O ano de 2017 vem sendo um ano desafiador na minha vida e um dos motivos é que esse ano eu me formo na faculdade, sinto bons ventos em todas as façanhas acadêmicas, inclusive no momento que escrevo isso estou no meio de um TCC que por incrível que pareça está meio caminho andado. Juntamente com meu grupo estamos trabalhando no tema: Invisibilidade Social nas Profissões. Temos que elaborar um livro reportagem com entrevistados e aprofundar no tema, além de criar um mini documentário. No começo confesso que foi bem difícil entrar em um consenso sobre qual tema trabalhar, afinal alinhar ideias em um grupo de 12 pessoas não é tarefa fácil, o importante é que no final acabou dando tudo certo.

Agora uma pausa para observar a serenidade no olhar de quem tem vários boletos pra pagar e nem está preocupado com isso.

Em abril parecia tudo está perdido, perto da época de entregar a primeira parte do projeto, mais especificamente no dia 15 de junho apenas metade do grupo tinha fechado entrevistados, pois o nosso objetivo era trabalhar com várias profissões, dentre elas domésticas, caixas, seguranças, porteiros, garis, faxineiros, etc.

Nos últimos minutos o inacreditável se tornou realidade, conseguimos cada um dos integrantes se aprofundar em cada profissão, então dia 15 de junho entregamos com sucesso a nossa primeira parte do Trabalho de conclusão de curso.

2017 é um ano que por algum motivo realizei várias viagens, e o mais legal, acompanhado dos meus amigos, conhecendo lugares novos, frequentando lugares que nunca visitei e saindo junto de pessoas incríveis. O mais engraçado é que em todas as ocasiões estou sem dinheiro, assim como nesse momento, mas por algum motivo tudo se encaixa e acaba dando certo, acredita que no fim do mês ainda está sobrando até um trocado pra gastar com a menina, ou melhor, a moça (assim ela prefere ser chamada) estamos saindo há pelo menos cinco meses.

Aí vocês param e me perguntam, “Poxa cinco meses não está na hora na hora de um pedido de Namoro? ” Olha, sinceramente eu não sou fã dessa coisa de estabelecer algo chamado namoro, estou apenas deixando as coisas acontecerem e ver o que dá. Confesso que as vezes me pego pensando nisso, mas tenho em mente que se for pra acontecer de verdade vai acontecer, aos poucos, posso estar errado pensando assim, mas prefiro no atual momento acreditar dessa maneira. Apesar de gostar muito dela, pois não me sentia tão bem assim com alguém há muito tempo.

O canal no youtube está indo bem, aos poucos estou conseguindo conquistar um pequeno público, mas com dedicação e caminhando devagar sei que tudo valerá a pena. O Blog eu fico aqui me cobrando, pois sei que dei uma leve abandonada nele, afinal nunca fui muito frequente, mas as vezes sinto muita vontade de escrever, na maioria das vezes tenho muita coisa para fazer ou algum tipo de bloqueio mental, que me impossibilita dissertar sobre um determinado conteúdo. Não posso prometer nada a respeito do que acontecerá daqui pra frente, mas manterei aqui atualizado sempre que for possível, afinal tenho uma rotina bem corrida e dar conta de tudo ao mesmo tempo é uma força tarefa. Afinal, Faculdade, TCC, trabalho, academia, cursos, youtube, vida social/amorosa, conciliar tudo isso é um trabalho que só de olhar parece algo impossível, mas no fim está dando certo.

Por falar em trabalho, estou amando, faço o que gosto, trabalho agora com pessoas maravilhosas que tem me ensinado muito, afinal nos últimos meses as coisas melhoraram, realizo trabalhos que eu amo, criando textos, criação de artes etc. Também pretendo iniciar uns projetos pessoais para o próximo ano, mas por enquanto prefiro manter isso em segredo, mas assim que tudo estiver acertado estarei gritando para os quatro ventos.

Nesse exato momento estou de Férias do Trabalho/Faculdade no Rio de Janeiro. A experiência está sendo bem maneira, conheci lugares novos, pessoas novas e divertidas, em apenas uma semana visitei o Cristo Redentor, conheci praias maravilhosas, viajei para arraial do cabo, conheci parques e tirei fotos maravilhosas como está você está vendo abaixo. Aproveita pra me seguir no Instagram.

Enfim, 2017 está sendo um ano muito bom comigo, sei que não posso contar vitória antes da hora, pois estamos no meio dele, mas tenho pressentimento de bons ventos para os próximos meses, espero estar certo.

Aliás quase ia me esquecendo de avisar que gravei um vlog da minha viagem ao Rio de Janeiro, confira abaixo.

Conheça Ilhabela e São Sebastião

Olá pessoal, como vai?

O vídeo que eu trouxe essa semana para o canal foi um pouco diferente e confesso que amei fazer um vídeo assim, porém não vai ser algo frequente porque digamos eu não sou uma pessoa que viaja muito (quem sabe mais pra frente), mas sempre que for fazer algo novo com certeza vou investir nesse formato. Enfim, nesse post vou falar um pouco das praias que aparecem no vlog, que está logo abaixo caso não tenha assistido, confira:

Agora vamos falar um pouquinho sobre como foi essa viagem e um pouco de tudo que aparece no vídeo. Sim, na imagem abaixo sou eu, ficou muito conceitual, ou melhor, bem humanas, estava quase aplaudindo o sol.

Mirante em Ilhabela às 17:00 no pôr do Sol
Mirante em Ilhabela às 17:00 durante o pôr do Sol

O destino desse vídeo foi Ilhabela e São Sebastião, um dos lugares mais bonitos para você visitar caso queira conhecer o litoral norte de São Paulo. Praias limpas, paradisíacas, com ótimas cachoeiras e um lugar que você sempre tem o que fazer independente de dinheiro ou não. Principalmente na época do carnaval, onde tudo é mais animado, época qual eu todo ano visito a região, o único fator negativo é que a cidade fica mais cheia, mas nada que impeça a diversão entre família e amigos.

Ao fundo a praia de Calheitas em São Sebastião, considerado por mim uma das praias mais bonitas que eu já visitei na vida.
Ao fundo a praia de Calheitas em São Sebastião, considerado por mim uma das praias mais bonitas que eu já visitei na vida.

Praias visitadas no vídeo (por ordem de aparição)

Praia de Barequeçaba – São Sebastião

Uma praia consideravelmente pequena, em menos de trinta minutos você consegue andar por toda orla da praia de canto a canto, águas cristalinas, em um mergulho você consegue enxergar tudo, tudo mesmo, incluindo peixes, sem poluição e quase nenhuma onda. É um verdadeiro piscinão, ótimo para curtir com a família e amigos, além de tudo isso que citei acima, a praia é consideravelmente vazia em relação a outras do litoral norte paulista.

No vídeo ela aparece na parte que faço mergulho e ando de disco Bolt, é a praia que fica do lado da casa onde normalmente eu fico hospedado.

Como eu disse é uma praia consideravelmente pequena em relação à outras da região.
Como eu disse é uma praia consideravelmente pequena em relação à outras da região.

Praia de Guaecá – São Sebastião

A praia é bem limpa, assim como a maioria das praias em São Sebastião, porém ao contrário de Barequeçaba ela tem uma orla bem grande e um considerável número de pessoas. Mas isso não faz ela ser ruim, muito pelo contrário, é ótima, uma das minhas preferidas. O ponto chato é que nessa praia não tem muito o que fazer, a não ser tomar sol e nadar no mar. Na beira dela tem casas (mansões) que deixam você de queixo caído. É a primeira praia que aparece no vlog dos 00:08 ao 01:10.

Em uma única foto é impossível ver toda extensão da praia.
Em uma única foto é impossível ver toda extensão da praia.

Praia da Feiticeira – Ilhabela

A Praia da feiticeira com certeza é uma das mais bonitas de Ilhabela, pequena e escondida, fica em uma das localizações mais bonitas da ilha, o acesso à ela se dá apenas a pé pois é preciso passar por uma pequena trilha de 5 minutos de caminhada para então chegar ao destino.

Praia de águas claras ela se mistura com água doce, pois ao lado dela tem uma cachoeira que deságua no mar, você também pode se banhar em uma pequena queda d’água que fica no começo da praia.

A parte ruim é para as crianças ou pessoas que não sabem nadar pois ela é muito íngreme, em cinco passos eu consegui cobrir todo o meu peito de água, e olha que eu tenho 1,88 de altura. Apesar de mostrar algumas pedras nas imagens, elas ficam localizadas apenas nos cantos da praia. Vale a pena o passeio.

Praia de Calhetas – São Sebastião

A Praia por mim considerada a mais bonita de todas, é de tirar o folego o local. O acesso à ela é um pouco diferente, se você vai de carro é necessário estaciona-lo na própria rodovia, pois é o único método de chegar no local. Você precisa andar pela via por uns 10 minutos, e vai por mim, não é uma caminhada chata, muito pelo contrário, você tem uma vista incrível de toda orla. Depois de andar pela rodovia você ainda passa por uma trilha no meio de um parque com muitas arvores e cachoeiras, completando a beleza do lugar.

A trilha é bem aberta, com espaço de passar um carro, porém o acesso é apenas a pé. Bem íngreme é um ótimo exercício físico (haha), totalmente iluminada. Aliás, uma dica, leve repelente porque voltei de lá com ótimas picadas de insetos, enfim…

Apesar de ser bem isolada, na beira da praia tem casas, ou melhor grandes casas, isso você consegue notar já na entrada do local que é protegida por um guarita o que aumenta a segurança da região.

A vista é simplesmente incrível, a praia é como se fosse uma espécie de ilha de areia cercada pelo mar dos dois lados. Ela aparece no final do vlog a partir dos 9:00 ao fim do vídeo.

É isso ai pessoal, espero que tenham gostado do vídeo e do post, não esqueça de curtir a fã page do blog, de se inscrever no canal porque assim você fica por dentro de todas as novidades.

 

Um pouco da Campus Party 2017

Acabou hoje em São Paulo na arena Anhembi a décima edição da Campus Party, um dos principais eventos tecnológicos que acontece anualmente no Brasil. Novamente tive o enorme prazer pelo segundo ano consecutivo de poder cobrir o evento diretamente para o blog. No post de hoje deixei um resuminho de tudo o que aconteceu e também um pouco da história do evento e os dados desse ano.

img_1245

O principal objetivo do evento é tratar de questões relacionadas a internet, reunindo um grande número de comunidades e usuários da rede. O evento visa proporcionar palestras de CEOs, influenciadores, pessoas relacionadas ao mundo da tecnologia, ciência, empreendedorismo, criatividade, games, design, inovação, entretenimento e mídias sociais como blogueiros e alguns youtubers, tratando sempre de assuntos que envolvem a sociedade contemporânea moderna e a inovação tecnológica, separadas em dez palcos.

História

A primeira edição do evento aconteceu no ano de 2008 em São Paulo e depois disso se espalhou para algumas regiões do Brasil como Brasilia, Recife e Belo Horizonte. O interessante do evento é a possibilidade dos participantes poderem acampar lá dentro durante 24 horas do dia durante toda a semana.

Os Números de 2017

O evento desse ano começou no dia 30 de Janeiro e acabou no dia 4 de fevereiro, com a participação de mais de noventa mil pessoas, entre profissionais da imprensa, campuseiros e visitantes.

Reunindo 40% do público feminino e 60% do público masculino, deixando explicitamente que o evento reúne também a diversidade de pessoas, sendo a maioria delas do mundo Geek e Nerd. Foram 6.500 barracas, sendo 6 mil simples e 500 duplas e cerca de 60% dos campuseiros tinha idade entre 18 e 29 anos.

IMG_1258.JPG

Representatividade 

A representatividade feminina também cresceu nos últimos anos pra cá, cerca de 40% de 750 palestrantes são mulheres, o que em 2008 não chegava nem há 5% desse número, mostrando também que o cenário social está mudando rapidamente.

Foram realizadas mais de 750 horas de atividades, dentre elas palestras, workshops e reuniões, pois também é o local onde cerca de 160 Startups participaram do programa Startup&Makers a procura de novas idéias, novos mercados e soluções tecnológicas, o objetivo é impulsionar e capacitar jovens talentos e empreendedores

IMG_1274.JPG
Palestra sobre a representatividade feminina no Youtube – Maira Medeiros (Nunca te pedi nada), Becca Pires, Maddu Magalhães, Nátaly Neri(Afros e Afins) e P. Landucci

Solidariedade

Além disso, Daniel Annenberg, secretário de inovação, anunciou uma parceria junto com a prefeitura de São Paulo. As 6.500 barracas utilizadas pelos campuseiros logo ao fim do evento serão doadas para moradores de ruas.

campus_party2.jpg

Games e Simuladores

Esse ano foram cerca de quinze simuladores, entre eles de caminhão (ProSimulador), voo, corrida de carros, realidade virtual, simulador de trânsito, além de outros games que fizeram a cabeça da galera do evento, por exemplo, a todo canto que eu olhava tinha pessoas jogando o game Just Dance 2017, no estande da Submarino, entre os campuseiros ou no estandes de games.

Esse ano o que fez a alegria da galera foi também a corrida de Drones, uma das coisas que mais me deixou fascinado, não sabia que dava para controlar os movimentos deles tão bem. Podemos citar também o combate entre robôs, jogo de escape e além disso uma mini baladinha proporcionada pela TNT Energy Drink.

Problemas

Como todos os anos infelizmente acontece sempre alguma anormalidade no evento, na edição de 2015 por exemplo, a crise hídrica afetou os campuseiros por conta da falta do abastecimento de água. Em 2016 as constantes quedas de energia fizeram os campuseiros reclamarem muito e nesse ano um pouco antes do inicio do evento no dia 31 de janeiro houve uma instabilidade na conexão, pois segundo informações da Telebras, empresa que é responsável pela infraestrutura do evento, ladrões roubaram mais de dois quilômetros de fibra óptica que seria utilizada no evento, problema que foi resolvido logo pela manhã do primeiro dia do evento, antes da abertura dos portões às 9h.

IMG_1230.JPG

Esse ano a velocidade da internet era de 40 Gigabites por segundo, o que por exemplo faz com que algumas pessoas compareçam no evento só para baixar arquivos pesados.

Porque ir a Campus Party nos próximos anos?

Mesmo que você não goste de tecnologia eu te recomendo muito ir à Campus Party, pois é um evento que faz as pessoas terem percepções diferentes sobre o mundo contemporâneo, já que o evento retrata a tecnologia voltada para melhoria de vida das pessoas das mais diversas camadas sociais, como empreendedorismo, representatividade, parcerias e negócios.

– Ah Rodrigo não tenho dinheiro para gastar em um evento desses!

A campus Party todos os anos tem o espaço grátis, a “Open Campus” com atividades gratuitas, por exemplo esse ano, a corrida de Drones, os simuladores, área de games, comidas, escapes e as batalhadas de robôs estavam localizados nessa região do evento.

IMG_1200.JPG

Bom pessoal, espero que tenham gostado do post, em breve estarei trazendo outras novidades e mais conteúdo de eventos aqui para o blog. Confesso que estou bem ansioso por esse ano de 2017.

Ah! Lembrando, se não quiser ficar por fora das novidades do blog, não esquece também de curtir a fã page clicando aqui e ativar as notificações, pois sempre que sair um post novo você será avisado.

Até mais! 🙂