Eu Visitei – Paranapiacaba

0
0

Olá pessoal! estou de volta com mais um post da série EU VISITEI, parece que o negócio está crescendo né? Tá nem tanto, mas bora lá…

No último sábado, dia 16 de julho eu visitei uma das cidades mais históricas e curiosa do interior de São Paulo, município de Santo André, a chamada Paranapiacaba. Agora é aquela hora em que você me pergunta, o que tem de legal para fazer por lá? Calma, vai lendo e acompanhando.

banner

Paranapiacaba fica no meio do serrado e é uma local que vem diminuindo a cada ano sua população, (por mim seria considerada uma vila, porém vamos levar em conta a forma como ela é documentada, como cidade) uma breve andada, é possível perceber que a população é bem idosa, a região tem de tudo, pousada, restaurante, cartório, posto, policia, museu, digno de tudo que uma cidade precisa para ser considerada como tal.

A cidade surgiu em 1867 quando britânicos desembarcaram no Brasil para iniciar a construção da primeira estrada ferroviária paulista, que se instalaram na região pois ficava no meio da rota que ligava Jundiaí ao Porto de Santos, assim erguida por ingleses.

Se você for para Paranapiacaba esteja preparado para tudo em um único dia, vá sempre de calça e leve um agasalho, pois pelo fato dela estar no meio de serras, o clima muda constantemente, por exemplo comigo, cheguei por volta do meio dia, de manhã o tempo estava chuvoso, por volta de umas 14 horas o tempo ficou quente, depois as 16 horas o tempo ficou nebuloso, uma névoa que você não conseguia enxergar uma pessoa a 100 metros de distância na sua frente, sabe Silent Hill? Pois é, fica igualzinho, confira mais abaixo esse relato no vídeo que está no fim do post.

1.JPG

O local é bem turístico, nos fins de semana, onde o lugar fica mais movimentado, é comum ver pessoas de todas as idades, desde grupos de amigos até famílias que vão para conhecer os locais. As casas ainda são as mesmas do século passado, de madeiras, são raras construções modernas, desde o design até a estrutura.

Mas Rodrigo o que eu posso fazer de legal em Paranapiacaba? Se você gosta de fotografia e de estar em contato com a natureza, é o local perfeito para isso. As locomotivas antigas, a estação de 1867 desativada, as casas em cima de colinas onde ao horizonte você pode ver o pôr do sol, com certeza vão render fotos MARAVILHOSAS. É bastante comum você ver noivos, casais fazendo sessões de fotos e gravações por lá.

13645195_1246541215377050_2205378763947335456_n.jpg

CURIOSIDADE: A minissérie “Drácula, uma História de Amor” exibida em 1980 na TV Tupi foi gravada inteira lá, por conta da arquitetura inglesa que a cidade carrega pois lembrava muito a Inglaterra.

Se você é uma pessoa que gosta de fazer trilha, tomar banho de cachoeira, também é um lugar ideal, mas para isso você precisa chegar cedo, e de preferência estar acompanhado por alguém que conhece o local. A cachoeira mais próxima da cidade fica há duas horas de caminhada por trilha, existem pelo menos seis trilhas. Também existem Cavernas por lá.

A linha férrea que corta a cidade é desativada para transporte urbano, apenas uma linha passa por lá, somente em dias específico, o chamado expresso turístico, que você pode conhecer melhor clicando aqui, é uma forma mais divertida de você chegar no local, sem falar na incrível vista que o percurso proporciona, já que passa no meio das serras. A linha é a mesma que é utilizada para chegar até o porto de Santos, porém só corta a região.

2

Se você está indo lá pela primeira vez, assim como eu fui, leve dinheiro, pois a maioria dos comércios não aceitam cartão, algumas vendas até aceitam, mas se previna com dinheiro porque não é sempre que as maquininhas funcionam, já que não tem absolutamente nenhum sinal de celular, pelo menos comigo, essa foi a experiência. A comida é bem baratinha, com 15 reais você come à vontade em um self-service que tem dentro da cidade.

IMG_9184.JPG

Se você reside em São Paulo, é bem simples chegar em Paranapiacaba, basta você pegar a linha 10 Turquesa da CPTM e descer na última estação “Rio Grande da Serra” (saindo da estação Brás que é a primeira estação da linha, você demora cerca de uma hora para cruza-la), descendo na estação, tem um ônibus intermunicipal chamado 424 Paranapiacaba da Viação Ribeirão Pires, que custa R$3,90 ele leva você até a entrada da cidade.

Ou também, você pode escolher a opção do expresso turístico que eu especifiquei acima clicando aqui. Esse modo é um pouco mais caro, porém a visita é monitorada e de uma forma diferente e entretida, já que é realizado dentro de um trem turístico que sai da estação Luz da CPTM.

Então é isso pessoal, se você procura fugir da correria paulistana e não tem muito dinheiro para gastar em um passeio, conhecer Paranapiacaba é um programa ideal para um fim de semana tedioso em casa. Confira abaixo os meus SNAPS pela região, ah! E se não me adicionou ainda, trate de adicionar (r0drig0_lima) e não esqueça de curtir a pagina do blog “clicando aqui”. Até a próxima!

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *