Identidade de Gênero? Ana Responde 4 – Vídeo

Tem pessoa mais curiosa do que criança? Creio que não! Pois, então no vídeo dessa semana, eu resolvi trazer mais uma vez, um quadro que faz bastante “sucesso” no meu canal, o Ana Responde 4, com perguntas que algumas pessoas me mandaram por Instagram, vamos ver como é a visão de mundo dessa garotinha de apenas oito anos. Espero que gostem.

Aaah! Antes de sair do vídeo, não esqueça de curtir, comentar, se quiser compartilhar e de se inscrever no canal, assim você fica por dentro de todas as minhas novidades, certo?

Madame Tussauds e o Museu de Cera – Você sabe quem foi?

Alguém pelo menos alguma vez na vida já ouviu falar das famosas estatuas de cera da Madame Tussauds, representada pelas mais diversas personalidade, Michael Jackson, Barack Obama, Lady Gaga, Justin Bieber, entre outros milhares que eu poderia falar aqui o dia todo. Não conhece? Dá um Google ai que com certeza você vai se impressionar.

Porém, quem foi Madame Tussauds? você já parou pra se perguntar? Exatamente sobre isso que eu vim falar no post de hoje. Quem foi a mulher que deu o nome de um dos mais famosos e conhecidos museus de cera do mundo?

Marie Grosholtz nasceu em 1761 na cidade de Estrasburgo, e morava junto com sua mãe de mesmo nome na casa de um famoso médico da época, chamado Dr. Phillipe Curtius que inclusive trabalhava com modelação em cera. Foi ele o responsável por ensinar essa arte para Marrie da qual carinhosamente o chamava de “tio”.

Marie viveu durante o período da Revolução Francesa, e nessa época, também recolhia as cabeças guilhotinadas de julgados para usa-las como molde para fazer as suas primeiras mascaras. Marie ficou reconhecida por suas técnicas artísticas quando se mudou para Londres, no ano de 1835, onde realizou a sua primeira exposição de museu de cera, que hoje não existem mais.

A estátua de cera da artista “Marie Grosholtz” no museu de Londres.

Não demorou muito para que o primeiro museu da Madame Tussauds fosse fundado em Londres, inclusive em todos 14 museus ainda se utilizam a técnica que Marie, o que tornam as estátuas idênticas ao prestigiado, sendo inclusive considerado um dos museus mais visitados do mundo.

Marie morreu em sua casa na Baker Street em Londres aos 89 anos em 1850, e naquela época já era uma das mulheres mais reconhecidas do século XIX, sobrevivendo ao seu passado de recolhedora de cabeças guilhotinas e de filha adotiva.

Museu Madame Tussauds de Londres, o primeiro de todos, inaugurado em 1835

Atualmente, existem 22 museus da Madame Tussauds espalhados pelo mundo alguns com mais de 200 anos de história, sendo 6 na América do Norte, 7 na Europa, 8 na Ásia e 1 na Oceania, sendo que o de Londres (o maior) recebe cerca de 3,5 milhões de visitantes anualmente, infelizmente o Brasil está fora dessa contagem, mas quem sabe um dia, não é mesmo?

Você acha esse número pequeno? Porém, mais de 500 milhões de pessoas, isso mesmo, meio bilhão de pessoas já viram alguma vez as estátuas da Madame Tussauds desde a sua inauguração.

Hall central da Madame Tussauds de Nova York em Manhattan

Cabelos, cilios, pêlos, barba, tudo isso é de verdade, e em cada museu, existem profissionais que são dedicados apenas para manter a boa imagem dos personagens e cada estátua demora cerca de quatro meses para ficarem prontas, e tem um valor médio de 150 mil libras, cerca de 600 mil reais e envolve o trabalho de 20 artistas.

Uma curiosidade assombrosa é o relato de um funcionário que 1996, percebeu que o cabelo da estátua de Adolf Hitler estava crescendo e inclusive precisou de um corte, sinistro não?

O maior boneco até hoje criado é o Hulk com 4,5 metros de altura e 2,4 metros de largura. Já o menor boneco criado até hoje (2018) é o da fada Sininho, do Peter Pan, com menos de 16 centímetros de altura. Veja abaixo e entenda como é feita as esculturas de cera.

O mais antigo e o maior museu, que está localizado em Londres já escapou de pelo menos três catástrofes no século 20: um incêndio em 1925, um terremoto em 1931 e a um bombardeio nazista durante a Segunda Guerra Mundial em 1940, onde se perderam mais de 300 estátuas, foi a maior baixa até hoje do museu.

Atualmente o artista recordista em estátuas nos museus espalhados pelo mundo é a cantora norte americana Lady Gaga, que somam mais de 23 estátuas ao redor do mundo, seguido por Michael Jackson com 18, Rainha Elizabeth II com 11, Shakira com 10 e Beyoncé com 09.

   

Incrível né non? História tipo essas são coisas que me encantam muito. Pretendo quem sabe um dia visitar esse lugar, e trazer essa experiência em algum vlog ou até mesmo em um post para o blog, compartilhar com você, caro leitor. Espero que tenham gostado, não esqueça de assinar a nossa Newsletter para receber as novidades do blog.

Até mais! 🙂

Não dá pra ser Fitness (Vídeo)

Eu tenho certeza que pelo menos alguma vez na vida, todas as pessoas tentaram ser fitness, e as que ainda não tentaram, vão tentar um dia. Prazer essa é a realidade da vida, afinal, não dá pra se ter tudo que queremos, não é mesmo? É por isso que eu prefiro comer um belo Big Mac do que passar o dia se matando em uma esteira tentando emagrecer, e o vídeo dessa semana é sobre exatamente isso, os dramas de tentar ser fitness. Antes que eu me esqueça, não esquece de abrir a página do vídeo e deixar o seu like e de se inscrever no canal, ok? Então bora pro vídeo!

Qual Faculdade e Curso devo escolher?

E aí pessoal, como vocês estão? Seguinte…

Hoje eu resolvi trazer um post que talvez vai dar uma luz para os perdidos futuros universitários desse meu Brasil, já que estamos em uma época ai que o pessoal está decidindo qual faculdade fazer, prestes a iniciar e talz, achei que seria um ótima assunto para o momento. Porque assim, não sei pra vocês, mas quando eu tive que escolher qual faculdade e ainda decidir o curso, foi literalmente um desafio do caramba, porque infelizmente por mais que você esteja certo da sua decisão, as vezes fica aquela incerteza. Um questionamento mais ou menos baseado nisso:

Será que isso mesmo que eu quero pra mim? será que nesses quatro cinco anos eu vou estar fazendo o que eu gosto? 

Eu por exemplo, tinha certeza que queria cursar comunicação, desde pequeno, mas de vez em quando vinha na minha cabeça, “será que é isso mesmo?”, esse meu pensamento me perseguiu inclusive mais ou menos durante todo o meu primeiro ano da faculdade, vai por mim, isso é normal.

Então hoje quero dar para vocês 8 dicas que possam talvez te ajudar a dar uma direção para saber se realmente o que você quer fazer é a sua cara, funcionou comigo, espero que te guie também, certo? haha

O QUE VOCÊ MAIS SE IDENTIFICA?

Essa é uma análise que tem de partir de vocês desde muito cedo na escola. Porque com certeza existe as matérias que você gosta mais, e as matérias que você gosta menos, e nas profissões é assim, dependendo do que você escolhe você irá trabalhar mais com uma matéria do que com outra.

Por exemplo, em Jornalismo que foi o meu curso, envolvia áreas e matérias que eu sempre gostei, como Português, História, Literatura, Artes, etc. Eu sempre me dava muito bem nessas disciplinas, ao contrário de outras, como Química, Biologia, Matemática, então tente perceber se o curso que você pretende fazer tem assuntos que você tenha facilidade de trabalhar.

PENSE MUITO ANTES

Não deixe pra decidir, pesquisar, ou pensar no que você quer fazer em cima da hora, não parta por impulso, pense e pesquise bastante, porque tempo é dinheiro, então se você escolher algo em cima da hora, perceber depois que aquilo que você escolheu não era o que realmente queria, pode te causar uma frustração e te deixar mais confuso ainda. Se possível passe um ano estudando e pesquisando sobre os cursos que você pretende cursar.

 

NÃO SE DEIXE LEVAR PELA OPINIÃO DOS OUTROS

 

 

Sabe o povo? Então eles gostam de dar pitacos na nossa vida, então só escute uma opinião se ela realmente for te agregar, se ela começar com o discurso, “porque você não faz tal curso, é o que mais dá dinheiro, isso que você está escolhendo não serve pra nada”, o tanto que eu escutei isso não tá no gibi, mais vale uma pessoa feliz e realizada no que faz, ganhando menos, mas com possibilidade de ganhar mais no decorrer da carreira, do que uma pessoa frustrada, infeliz, e talvez sem aptidões em uma área, se você é bom no que faz, você se destaca.

CONVERSE

Além de pesquisar muito, (“olha minha gente, a internet está ai pra isso, não vem me falar que não tem tempo”), procure por pessoas que já fizeram a faculdade que você está pensando, converse com ela, veja vídeos, leia muito, tente entender como funciona o curso, o dia a dia, com o que essa pessoa pode trabalhar, o que ela faz, pontos positivos, negativos.

COMO VOCÊ SE IMAGINA

Pense a longo prazo também, como você se imagina trabalhando? Se imagine, se coloque no lugar, a partir das suas pesquisas, tente ver se aquilo se enquadra com o seu perfil ou não, tente pensar no que você almeja, onde você pretende estar daqui 10 anos.

Isso ajuda muito. Mas vou te contar, durante o curso, de tudo que você vai ter que aprender, nem tudo você vai gostar, algumas coisas você vai ter que ser na força, é humanamente impossível se contentar 100% com uma área.

ANALISE, É UMA BOA HORA?

Como eu disse, pesquise muito, não entre por impulso, caso você precise de um pouco de tempo para pensar, pense, ( “só não demora muito, porque ai não tem como te ajudar, depois você perde o folego ai eu quero ver’ haha). Mas analise bem toda a situação, veja se é uma boa hora, tenha um plano B se possível.

SE POSSÍVEL FAÇA UM CURSO TÉCNICO

Eu vejo o curso técnico como uma forma de ter dar uma luz, esse é um curso de demora no máximo um ano e meio e você pode cursar inclusive no período em que está no ensino médio, hoje em dia tem cursos técnicos pra quase tudo que possa te dar uma noção do que é a vida universitária.

Durante o meu ensino médio, cursei técnico de administração de empresas, e foi o que me deu uma luz pra saber se eu realmente deveria cursar comunicação, me ajudou muito. Existem muito cursos técnicos gratuitos, é só dar uma pesquisadinha que vocês encontram algo, o meu por exemplo era de graça.

ANTES DE TUDO CONHEÇA BEM

Essa última dica serve pra quando você já estiver impulsionado, já tiver decidido qual curso vai escolher. Tenha em mente algumas faculdades que você almeja entrar, conheça a estrutura dela, não adianta você entrar em uma faculdade que não te dê estrutura para o que você quer cursar. Veja a capacidade, estrutura, a nota dela em relação a outras universidades, por exemplo, do que seria valido meu curso se minha faculdade não tivesse estrutura para estúdios de rádio, TV,  e outros laboratórios? Não ia servir de nada, só teoria não rola, precisa colocar a mão na prática.

Bom, essas foram as dicas pessoal, espero que tenham curtido e talvez ter dado para vocês (eu espero) um direcionamento do que realmente escolher, sei que essa fase é meio complicada, mas mantenha foco, foça e fé que tudo vai dar certo. #pisaevai haha.

Caso prefira, logo abaixo está um vídeo que gravei falando sobre qual faculdade/curso escolher, se puderem, deixe o seu like e também se inscreva no canal. Dá um trabalhão fazer tudo isso, mas vale a pena.